09/12/2017

Cadeira

Por Rosa Dealtina Silva* A cadeira balança saudades de alguém que ali sentava todas as tardes… Ficava olhando o Sol, majestoso, se pôr… Vendo o pomar em flor, falando de amor! […]
03/12/2017

A fonte

Por Rosa Dealtina Silva* Na fonte que desperta os amores joguei todo meu apreço, troquei meu endereço, só para contornar o mal. No fundo da fonte, refletindo a minha mente, que, […]
25/11/2017

Fugaz

Por Rosa Dealtina Silva*   Saí andando, pela estrada, sem rumo… Me tornei um moribundo. Deixei tudo para trás… A falta que você me faz me tornou um ser fugaz. […]
19/11/2017

Bandeira

Por Rosa Dealtina Silva*       Verde Brasil, varonil, de braço forte… Bandeira em céu azul, do Cruzeiro do Sul. Amarelo ouro da terra, do mar que impera, de […]
12/11/2017

Frieza

Por Rosa Dealtina Silva*   Amargo é o sabor deste teu amor, que não ama. Frieza neste teu olhar, é igual uma faca a me ferir! O coração é a […]
04/11/2017

Rosa

Por Rosa Dealtina Silva* Em tempos remotos, o Senhor Uniu este ser, que sou eu, a Mais uma estrela preciosa! Enviou cores aos seus amores…   Criar outro ser igual? […]
30/10/2017

Espera

Por Rosa Dealtina Silva* Já é madrugada, eu na estação, esperando o trem, que não vem… Sinto um frio que vem do vento… A lua não aparece, pois o céu […]
24/10/2017

Saberes

Por Rosa Dealtina Silva* Estamos na estação dos aromas das flores e de novos amores no ar… No mês das crianças, das nossas lembranças, que nos trazem a alegria de […]
14/10/2017

Missão

Por Rosa Dealtina Silva*   São tantos amigos, verdadeiros e parceiros, nesta nobre missão, de ser esta mãe, diferenciada… Sou uma mãe especial; não que as outras não sejam! Mas […]
08/10/2017

Prece

Por Rosa Dealtina Silva* Sempre orar e agradecer me leva mais perto de Deus… Acompanha os passos meus, que em toda manhã te vejo, nesta vida que é um lampejo… […]
30/09/2017

Decisão

Por Rosa Dealtina Silva* Arrisquei na decisão e fui bater na tua porta… A ansiedade, quase me devora, mas te ver, era a solução, para acalmar meu coração! Te fechastes […]
23/09/2017

Primaveril

Por Rosa Dealtina Silva*     Com as primaveras do mundo, com os povos mais distante, paramos a refletir: O que é primaveril? A criança é a primavera, que se […]
18/09/2017

Brilho da lua

Por Rosa Dealtina Silva*     Roubei o brilho da lua! Me vesti de prateado, fiquei leve, quase nua… Sentei firme no horizonte. Refleti na minha fonte… Roubei o brilho […]
14/09/2017

Janela

Por Rosa Dealtina Silva* Olhei pela janela, o mar a me convidar, a sair para pescar. Pescar o amor que finda; Pescar a saudade que fica; Pescar para regressar. Na […]
14/09/2017

Setembro

Por Rosa Dealtina Silva*   O tempo me falou que não faz muito tempo que as flores tinham mais cores, que os odores tinham mais sabores, que os pássaros cantavam […]
28/08/2017

Quero você!

Por Rosa Dealtina Silva* Não quero sorrisos sem risos, Não quero amor sem sabor, Não quero querer sem sentir, Não quero sentir sem vibrar, Não quero você repartido, Não quero […]
21/08/2017

Sufoco

Por Rosa Dealtina Silva* Fácil é cantar Roberto, Caetano e Gil; Difícil é falar do meu amor! Foi embora e me deixou, chorando com minha dor… Fácil é cantar o […]
14/08/2017

Castelo

Por Rosa Dealtina Silva*   Estou preso dentro de mim! Encarcerado num castelo. Meu corpo está em chamas… Tu tão perto e não me amas! Flores secas na janela. Meu […]
05/08/2017

Travessia

Por Rosa Dealtina Silva* Joguei pétalas no chão. Amarrei meu coração, no ipê da travessia, das nossas juras, um dia… As curvas hoje me levam, no caminho colorido, muitas vezes […]
24/07/2017

Apenas eu!

Por Rosa Dealtina Silva*   No crepúsculo da vida, observo o amor se pondo… Fomos uma aurora brilhante! Com as estrelas, nos amamos; Era imenso o que sentimos, aos poucos […]
16/07/2017

Além das nuvens

Por Rosa Dealtina Silva*   Me jogaste num precipício! Como rocha que sou, a mesma pedra me salvou. Hoje sou pedra, com garras, intransponível! Sofri por aquela queda; Agradeço àquela […]
13/07/2017

Infância

Por Rosa Dealtina*   Lembro daquela árvore que nos embalava, com seus galhos a florir… Hoje só lembranças, de quando éramos crianças: Corríamos, brincávamos, como se a vida, tudo a […]
01/07/2017

O trem

Por Rosa Dealtina Silva* O trem que anda lento, leva meus passos que silenciaram. Eu grito ao vento! As nuvens que me ouvem, nada traduzem, se calam… Meu coração, distante, […]
25/06/2017

Saudades

Por Rosa Dealtina Silva*   A maré que embala, leva de mim esta dor! No verde do teu mar, me coloco a bailar. Serenata eu fazia , no sorriso azul do […]

Caminhos Percorridos

Rosa Dealtina Silva

Pedagoga


Rosa Dealtina Silva é formada em pedagogia (administração escolar). Professora das séries iniciais, ensino fundamental e ensino médio. Ama filosofia, leitura, poesia e pintura. Neste espaço, ela vai compartilhar algumas de suas poesias.