fazer literatura

1 de junho de 2020

EntreAsLetras – Não me acusem

Por Donald Malschitzky*  “Minha irmã vai processar os médicos, as enfermeiras e todo mundo que disser que meu cunhado morreu de Covid. Isso é uma mentira, […]
31 de Maio de 2020

Tapera

Por Rosa Dealtina* Aquele casebre já foi belo! Jardim florido… ipês amarelos! Ali gerava alegria! Todos os dias, à tardinha, na hora da Ave Maria, começavam […]
26 de Maio de 2020

EntreAsLetras – Coincidências e lembranças

Por Donald Malschitzky* Várias coincidências na semana passada, talvez por ter completado 68 anos, talvez por serem apenas coincidências mesmo, levam a reflexões daquelas de “no […]
24 de Maio de 2020

Miragem

Por Rosa Dealtina* O Sol de verão fecha a tarde… Ao longe, sua silhueta, maltrata o olhar… A tarde, para quem sonha, é tristonha! Sua presença […]
22 de Maio de 2020

Ora, ora, mas por quê?

Por Maria Cristina Dias* Tempos de crise costumam nos trazer todo tipo de desafios e sentimentos. Medo, insegurança, coragem, indignação, solidariedade… Sobretudo, tempos de crise nos […]
18 de Maio de 2020

Utopia

Por Rosa Dealtina Silva* Eu voava e planava sobre o mar, onde tu estavas… Voava sobre tua cabeça, tua casa, tua estrada… Não sou tua morada! […]
18 de Maio de 2020

EntreAsLetras – Como é grande esse mundinho

Por Donald Malschitzky* Liga-me Jura Arruda, amigo, escritor, editor e companheiro de intermináveis papos, agora por telefone: “Donald, escrevi um livro infantil no formato e-book, tendo […]
13 de Maio de 2020

Escritor Jura Arruda, de Joinville, lança e-book com história infantil que se passa durante pandemia do coronavírus

Traduzido para seis idiomas, livro será vendido a R$ 3,99. Arrecadação será revertida para crianças que moram na comunidade Juquiá.     O escritor Jura Arruda, […]
12 de Maio de 2020

Braço esticado para enxergar

Por Maria Cristina Dias* Há uns anos, a visão começou a falhar. A leitura ficou cansativa, as letras insistiam em ficar menores e o que antes […]
11 de Maio de 2020

Engano

Por Rosa Dealtina* Suas lembranças transpassam, percorrem… meu corpo… Estremeço quando sinto afagos loucos; desatinos! Dentro deste peito sem rima, sem trecho, canta o desassossego de […]