CEI Espaço da Criança, de Joinville, ganha prêmio por querer ser único no mundo

 

Era uma vez um centro de educação infantil de Joinville que tinha o sonho de ser o melhor do mundo. Esse sonho começou a se tornar realidade ao vencer o Prêmio Embraco de Ecologia 2018.

A inspiração surgiu de um trecho do clássico livro “O Pequeno Príncipe” e a partir daí pensaram no nome do projeto do CEI Espaço da Criança, no bairro Adhemar Garcia – “Era uma vez um CEI igual aos outros, mas agora é único no mundo!”.

A equipe de gestores e professores do CEI tem a intenção de revitalizar um espaço da unidade para melhorar a vivência e a construção de conhecimento, e, assim, fazer que o momento vivido pelas crianças e famílias dentro do centro educacional se torne único e inesquecível.

“A ideia surgiu há dois anos, quando fomos inscrever o projeto, mas um erro fez ir só parte dos documentos. Este ano, remodelamos e deu certo”, explica a diretora Neide Aparecida Novais Brandt.

O projeto consiste em transformar uma área atualmente sem uso específico em um espaço educador sustentável com três cantos interligados formando um caminho. Um deles será de observação de animais e plantas, outro com terra pura e o terceiro de vivência de experiências com um pequeno rio artificial, bancos feitos de toras de madeira e outros elementos.

“Queremos que as crianças experimentem um mundo que não é mais possível por aí”, conta a professora Valdete Emilia Marcelino. É uma explicação que justifica o legado de um mundo melhor que a educação deve deixar para as crianças.

O projeto abrange ainda a participação dos pais, com realização de oficinas de mandalas e vasos, entre outros. As famílias irão participar ainda do plantio de flores e árvores dentro do CEI, além da confecção de bombas de sementes – uma pequena bola de argila e terra com sementes.

“Ela (a bomba) pode ser lançada em qualquer lugar e um tempo depois teremos a surpresa de uma nova árvore nascendo”, explica a diretora Neide, esperançosa. Para realizar o projeto, o CEI irá receber R$ 10 mil.

 

(Por Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Joinville)

 

Leia também:

Sucata se transforma em troféus para escolas vencedores do Prêmio Embraco de Ecologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *