E quando o circo pega fogo… quem ganha é a literatura!