Fictício

 

Por Rosa Dealtina*

 

O mar está serenado…

O amor,

despedaçado!

Tudo fui um dia…

Hoje,

madrugada fria…!

Balanço com as ondas;

caminho molhado…

O amor!?

No passado!

O lençol

está intacto

do seu contato.

O aroma e o sabor

se espalharam;

fagulhas e calor

se apagaram…

Vejo rastros na areia…

O coração…

incendeia!

Os olhos

marejam!

Não são os passos seus;

são os delírios

meus!

Adeus…

 

 

*Rosa Dealtina Silva é formada em pedagogia (administração escolar). Professora das séries iniciais, ensino fundamental e ensino médio. Ama filosofia, leitura, poesia e pintura. Neste espaço, ela vai compartilhar algumas de suas poesias.

** Foto Grupo São Francisco e suas Histórias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *