Primeira Orquestra Infantojuvenil do Instituto Core de Música estreia na Expogestão, em Joinville

Alunos e professores se apresentam nesta quarta-feira, dia 15 de maio.

Com apenas dois anos de existência, o Instituto Core de Música tem a grata satisfação de anunciar o lançamento da sua primeira Orquestra Infantojuvenil, prevista inicialmente para o ano de 2020, mas com estreia no dia 15 de maio, durante a Expogestão, em Joinville. Na oportunidade, 55 alunos e 15 professores, totalizando 70 músicos subirão ao palco do Centro de Eventos da Expoville, local em que será realizada a Expogestão 2019, para uma apresentação especial de estreia,  marcada para às 13h45, na abertura da série de palestras do dia, antecedendo uma das atrações do evento, o chef francês Claude Troisgros.

A formação antecipada da Orquestra Infantojuvenil do Instituto Core de Música se deu pelo bom desempenho dos alunos. “Nós da direção e nossos professores percebemos o crescente desempenho dos pequenos aprendizes, mesmo a maioria não tendo até o início das aulas no Instituto qualquer contato com um instrumento musical. É uma alegria ver que eles já têm totais condições de se apresentar para o público em geral”, afirma Sérgio Ogawa, diretor artístico da instituição.

Toda a ansiedade foi sendo trabalhada durante os vários ensaios gerais realizados pelos alunos e contando com o suporte dos professores de alto nível para a grande estreia.

A Orquestra Infantojuvenil é mais uma importante conquista para o Instituto Core de Música que vem contando com apoio de empresários e da comunidade em geral para levar adiante este projeto de formação musical. Vale destacar que todos os estudantes são bolsistas, sendo que 50% das vagas são bolsa integral para os estudantes da rede pública de ensino selecionados, desde que apresentem boas notas na escola regular e frequência e rendimento no Instituto. “Isso comprova nosso papel como instituição, beneficiando crianças e jovens com aulas diferenciadas, acesso a professores gabaritados e a instrumentos de ponta. Os resultados são visíveis, pois pequenos cidadãos estão sendo formados com valores, disciplina, autoestima, respeito, espírito de equipe e desenvolvendo a liderança para quem quer seguir carreira musical com excelência, sem perder a humildade”, ressalta Ogawa.

(Por Taísa Rodrigues – Santa Cultura)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *