Donald Malschitzky

6 de janeiro de 2020

EntreAsLetras – É mais cômodo

Por Donald Malschitzky*   “Mas as pessoas pedem!” Se há um ranking de desculpas furadas e mentirosas, esta é uma das imbatíveis. É bem difícil passar […]
16 de dezembro de 2019

EntreAsLetras – Caça aos mensageiros

Por Donald Malschitzky* Dizem que Gêngis Khan (1162-1227), o imperador mongol que transformou seu reino num dos maiores impérios do mundo, se recebesse uma notícia ruim […]
19 de novembro de 2019

EntreAsLetras – Quem é de fora?

Por Donald Malschitzky* A faixa etária ia dos treze aos setenta e três anos, todos moradores do mesmo bairro – Quinta dos Açorianos –, em Barra […]
12 de novembro de 2019

EntreAsLetras – As cartas vão ter de esperar

Por Donald Malschitzky*   Se ainda não se extinguiram por completo, estão em ascendente extinção ou eu é que não sei por não fazer parte do […]
4 de novembro de 2019

EntreAsLetras – Seria apenas mais uma quinta-feira

Por Donald Malschitzky* Mal passa das seis da manhã: um violão suave e uma voz de amigo me rodeiam: “Preciso não dormir até se consumar o […]
28 de outubro de 2019

EntreAsLetras – Falando em perdão

Por Donald Malschitzky* Se há uma palavra mal empregada, essa palavra é perdão.  Começa pela negociação: “Eu perdôo se você prometer…” e vai até a completa […]
21 de outubro de 2019

EntreAsLetras – Quando meia mais meia não dá uma inteira

Por Donald Malschitzky*   Nunca se viu tantos entendidos na questão ambiental quanto agora: sabem por ouvir falar, quem fala acha que é assim porque assim […]
14 de outubro de 2019

EntreAsLetras – Seja curiosa, criança  

Por Donald Malschitzky* “Adultos são seres estranhos”, devem pensar as crianças, estranhos e incoerentes, embora elas não saibam o significado da palavra. Querem que as crianças […]
30 de setembro de 2019

EntreAsLetras – O soldado que tocava cítara

Por Donald Malschitzky* “No dia 02 de junho de 1945 chegou a minha vez; recebi a passagem e, ao me encaminhar para pegar o trem, encontrei […]
23 de setembro de 2019

EntreAsLetras – Que não seja um réquiem

Por Donald Malschitzky* No intervalo entre chuvas e ventos, o anil recebeu uma flecha rubra que se divertia em sobrevoar nossa vizinhança, exibindo-se para olhos que […]