entreasletras

13 de julho de 2020

EntreAsLetras – Pisando no cocô

Por Donald Malschitzky* Você olha para trás e descobre que poderia facilmente ser seguido mesmo que se escondesse muito bem ou seguisse um caminho tortuoso e […]
6 de julho de 2020

EntreAsLetras – Silêncio de tempestade

Por Donald Malschitzky* Quase escuro e mal passa das três da tarde, nenhum pássaro no comedouro e nos galhos mais expostos das árvores, nenhum a chilrear, […]
22 de junho de 2020

EntreAsLetras – Vai um miado aí?

Por Donald Malschitzky* Jovens, com criança bem pequena, perguntaram por seu gato, que havia fugido. Ele passara por nossa casa e entrara numa área com árvores […]
15 de junho de 2020

EntreAsLetras – Tarde uma ova

Por Donald Malschitzky* Tornara-se uma referência na área; conhece muito, raciocina rapidamente e tem facilidade em achar soluções em meio aos maiores emaranhados de dificuldades e […]
8 de junho de 2020

EntreAsLetras – Rodas mágicas

Por Donald Malschitzky* Era uma bicicleta muito forte, inglesa, acho. Faz mais de cinquenta anos que a ganhei do meu irmão mais velho, o Harald, e […]
1 de junho de 2020

EntreAsLetras – Não me acusem

Por Donald Malschitzky*  “Minha irmã vai processar os médicos, as enfermeiras e todo mundo que disser que meu cunhado morreu de Covid. Isso é uma mentira, […]
4 de Maio de 2020

EntreAsLetras – Ainda sobre esse inimigo

Por Donald Malschitzky*  “Sabe que tive o Covid-19?”, ouço um amigo ao telefone. Contou que se sentia cada vez mais fraco, com dificuldade de respirar e […]
6 de abril de 2020

EntreAsLetras – Pintar os dias de azul

Por Donald Malschitzky* Seria o primeiro neto, e a expectativa era geral e grande. Quando veio, era o bebê mais lindo do mundo. Sim, é exagero, […]
6 de janeiro de 2020

EntreAsLetras – É mais cômodo

Por Donald Malschitzky*   “Mas as pessoas pedem!” Se há um ranking de desculpas furadas e mentirosas, esta é uma das imbatíveis. É bem difícil passar […]
25 de novembro de 2019

EntreAsLetras – Mágicos apitos

Por Donald Malschitzky* Emprestando a dúvida do ovo e da galinha, pergunto-me: o que veio antes, o assobio ou o apito? Deve ter sido o assobio, […]