fardo

7 de junho de 2020

Fardo

Por Rosa Dealtina* O retrato na parede da entrada foi o que sobrou de nós! O que sobrou de mim… Vivo sem voz! A casa abandonada… […]