Terminam hoje inscrições para o 2º Festival Paralímpico. Evento ocorre neste sábado no Cau Hansen

Crianças com necessidades especiais praticando basquete e Joinville

Foto: Prefeitura de Joinville/Divulgação

Crianças e adolescentes de 8 a 17 anos poderão experimentar três diferentes modalidades de esporte adaptado

Por Redação Fazer Aqui

 

Crianças com necessidades especiais praticando basquete e Joinville

Foto: Prefeitura de Joinville/Divulgação

Termina nesta sexta-feira, dia 20, o prazo para inscrições para participar do 2º Festival Paralímpico. O evento ocorre neste sábado, dia 21, Centreventos Cau Hansen. Podem participar do evento crianças e adolescentes com necessidades especiais, alunos da rede escolar de Joinville, de 8 a 17 anos.

A inscrição deve ser feito através deste link ou pelo telefone 3433-1160. O limite é de 150 participantes. Para este ano, as escolas da região Norte e do bairro Vila Nova foram convidadas a inscrever seus alunos. Em 2018, o convite foi estendido às escolas da região sul.

Este é o segundo ano consecutivo que Joinville sedia o evento. A cidade foi uma das 70 escolhidas. O festival é realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), em parceria com a Secretaria de Esportes de Joinville (Sesporte). O evento é em comemoração ao Dia do Atleta Paralímpico, celebrado no dia 22 de setembro.

Programação

O Festival Paralímpico ocorre das 9 às 11 horas no Centreventos Cau Hansen. O evento é uma forma de os participantes experimentarem a prática de esportes adaptados. Serão oferecidas as modalidades de bocha paralímpica, tênis de mesa e vôlei sentado.

Os participantes serão divididos em três grupos. Cada grupo jogará por cada uma das modalidades por trinta minutos, para que tenham contato com todas as atividades. As modalidades serão praticadas de forma lúdica, com auxílio de materiais diferenciados, que permitirão o acesso de todas as crianças.

Os mecanismos que serão utilizados foram desenvolvidos por técnicos da Sesporte. O monitoramento das atividades fica por conta dos acadêmicos do Ielusc e Univille. Além deles, voluntárias da Associação de Aposentados e Pensionistas de Joinville e técnicos da Sesporte também farão monitoria.

A intenção do evento é atingir crianças e adolescentes que ainda não têm contato com a prática de esportes. Rosicler Ravache, coordenadora do paradesporto da Sesporte, explica que além de atingir as pessoas com deficiência, eles também querem mostrar possibilidades aos pais e responsáveis.

“Dessa forma o processo de inclusão começa a se tornar cada vez mais natural e a pessoa com deficiência terá as oportunidades cada vez mais asseguradas”, destaca Rosicler. Após a prática esportiva, será servido um lanche oferecido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

O festival acontece simultaneamente em 70 cidades do país. A data é uma homenagem à criação do Comitê Paralímpico Internacional (CPI), fundado em 22 de setembro de 1989. O comitê tem como objetivo homenagear, apoiar e divulgar o trabalho dos atletas paraolímpicos. Além disso, é também uma ferramenta de inclusão das pessoas com deficiência.

Atualmente, o Brasil é uma das nações com maior representatividade em nível de desporto paralímpico, com atletas que são referências internacionais. No ano passado, o evento foi realizado em 48 cidades brasileiras, quando cerca de sete mil, crianças e adolescentes participaram das atividades.

(Com informações da Prefeitura Municipal de Joinville)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *